Vida real

Itália: capítulo IV: documentos necessários para o reconhecimento da dupla cidadania

Data: 22/01/18 | Autor: Paula Nader |

Embora sejam apenas 4 etapas, o processo de reconhecimento da dupla cidadania pode se tornar um pouco complexo. Cada etapa é rica em detalhes que possuem graus de dificuldades variados.

passaporto

As etapas do processo são:

1. Reunir os documentos;

2. traduzi-los para a língua italiana;

3. apostilamento destes documentos;

4. dar entrada no pedido oficial do reconhecimento no órgão responsável (consulado ou comune italiano.

A primeira regra para quem deseja obter o passaporte vermelho é ser rigorosamente organizado e persistente. A burocracia pode engolir o seu sonho de se tornar um cidadão italiano.

Antes de começar a pensar em mergulhar nesse universo, converse com os familiares da linha que transmitem a cidadania (pai, mãe, avó…). Pergunte sobre a história da família, de onde vieram, o ano… Além de ser uma pesquisa importante para o processo, será um momento de se aproximar ainda mais dos seus familiares.  Eles têm muito o que oferecer. Cada detalhe é de extrema importância nesse processo.

ETAPA 1: REUNIR OS DOCUMENTOS

Após aprender sobre a história da sua família, você deverá reunir todos os documentos que comprovam que sua linhagem vem de um cidadão italiano.

Inicie pesquisando a sua própria certidão de nascimento e vá, a partir dela, se encaminhando até o italiano da família.

Faça uma planilha com todos os dados que conseguir de cada membro da linhagem. Os principais são: nome, data/local de nascimento, data/local de casamento (se houver) e data/local de óbito (se houver).

Na sua certidão de nascimento, você encontrará informações sobre duas gerações (pais e avó). E, a partir dos documentos dos seus avós, mais duas gerações passadas. Repita isso, até chegar no cidadão italiano da sua família.

A minha planilha ficou assim:

planilha genealógica

Verifique se os nomes em todas as certidões estão corretos. Caso não esteja, solicite que sejam retificadas. A retificação poderá ser feita no próprio cartório ou judicialmente, dependerá de cada situação. Para saber qual é o seu caso, acesse aqui.

HABILITAÇÃO DE CASAMENTO: Caso você tenha a certidão de casamento de alguém, mas não consegue encontrar a de nascimento, solicite ao cartório onde foi realizado este casamento a habilitação do casamento.
É a cópia de todos os documentos que foram apresentados pelos noivos no dia do casamento que poderá ter as informações que você procura.

No próximo post detalharei as possibilidades da pesquisa sobre o registro de nascimento e casamento do antenato italiano.

Até a próxima!

Paula Nader

compartilhe este post